Cuiabá, Quinta-Feira, 18 de Setembro de 2014
Contato
Expediente
Quem Somos Quem Somos
Página Inicial
Mato Grosso On Line

Olho Vivo

Pura pelegagem a greve no transporte coletivo de Cuiabá e Várzea Grande

Paralisação tem interesses dos patrões
O que se vem notando nos movimentos do Sindicato  dos Motoristas Profissionais e Trabalhadores em Empresas de Transportes Terrestres de Cuiabá e Região (STETTCR), é simplesmente um jogo em defesa dos patrões e não da categoria, assuas paralisações sempre ocorrem quando as empresas querem aumento, e para forçar  usam o sindicato como uma arma para obter seus interesses.

A anuência é tão clara que o Sindicato usa as garagem para fazer reuniões  em pleno horário de trabalho,sem nenhuma contestação por parte das empresas,e servirão para definir a estratégia do movimento, bem como montar o comando de greve. Os trabalhadores decidiram pela greve em assembléia geral que ocorreu na sexta-feira (16).

A greve acontecerá porque o sindicato e as empresas de ônibus não entraram em acordo quanto ao reajuste salarial da categoria. O sindicato pede reajuste de 7,15%. Já as empresas oferecem um aumento de 4,65%. Atualmente o piso de um motorista é de R$ 1.680 e dos cobradores é de R$ 1.037. A categoria ainda reivindica a implantação do kit alimentação, no valor de R$ 400.o presidente  Ledevino disse que na terça-feira, quando a greve começar, a frota irá operar com a capacidade de 30% na Capital e em Várzea Grande.

Em 18/05/2014 às 15:08:34 - por Redação

Imprimir Comentar Enviar por e-mail

Busca

© Mato Grosso On Line - Todos os direitos reservados.